Aurismar Mazinho Monteiro

Uma pena meramente entusiástica.

Textos


Sendo você minha consorte...

Não é normal, alguém querer morrer;
poucos, na verdade, desejam a morte.
Geralmente, todos querem viver,
Mesmo sob tristeza, falta de sorte...
 
Eu, diante do espelho, pensativo,
enquanto o tempo lá fora voa,
imagino-lhe num belo vestido...
Suponho que seria uma morte boa...
 
Não tenho dúvidas nem temor,
mas sim uma incomensurável sorte,
já que eu morreria feliz e de amor,
sendo você minha consorte.
 
(Inspirado no poema “Vestida para matar”, da poetisa Juçara Villela)
* Imagem extraída da Internet em 20ABR2021 - Meramente ilustrativa
AURISMAR MAZINHO MONTEIRO - Natal/RN - 041609DEZ2020
AURISMAR MAZINHO MONTEIRO
Enviado por AURISMAR MAZINHO MONTEIRO em 19/04/2021
Alterado em 20/04/2021


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras