Aurismar Mazinho Monteiro

Uma pena meramente entusiástica.

Textos

Reflita-se, pois!

     Quem, verdadeiramente, preza pelos direitos e deveres no exercício da cidadania, respeitando, portanto – e principalmente –, a dignidade da pessoa humana, sente-se profundamente ofendido quando quaisquer pessoas, especialmente agentes públicos, mediante gestos, palavras, discursos ou atos que os valham, ofendem seus concidadãos.
          Reflita-se, pois!
 
Aurismar Mazinho Monteiro – Natal/RN – 211131MAR2021
AURISMAR MAZINHO MONTEIRO
Enviado por AURISMAR MAZINHO MONTEIRO em 27/03/2021
Alterado em 27/03/2021


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras