Aurismar Mazinho Monteiro

Uma pena meramente entusiástica.

Textos

Somente uma triste poesia
 
Saudade me provoca palavras
que, tristonho, transformo em versos...
Então, sacudindo minha mente,
um papel, logo fito desperto,
embora melancolicamente...
Saudade invade minha casa,
meu eu, meu peito aberto,
que triste e frágil não se cala,
se lamuria...vendo-se num deserto...
e chora, sentindo a tristeza tão perto...
Saudade transforma em poemas
imagens que me chegam à mente,
e conduz, assim, minha pena
a rabiscar, chorosamente,
sobre saudade e melancolia, apenas...

Eis uma triste poesia...tristeza, somente.
 
Natal-RN – 011051DEZ2020
AURISMAR MAZINHO MONTEIRO
Enviado por AURISMAR MAZINHO MONTEIRO em 16/03/2021
Alterado em 16/03/2021


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras