Aurismar Mazinho Monteiro

Uma pena meramente entusiástica.

Textos

Dia Nacional da Poesia – 31 de outubro (uma nova data)
 
     O Dia Nacional da Poesia era comemorado em 14 de março, desde o ano de 1977, a partir de sugestão mediante Projeto de Lei do então deputado federal João Alves (Fonte: Portal Brasil). Este dia foi instituído em homenagem ao bacharel em Direito e poeta brasileiro ANTÔNIO FREDERICO DE CASTRO ALVES, que nascera na Bahia, em 14 de março de 1847, o qual ficou conhecido como o “Poeta dos Escravos”, em vista de sua acirrada luta contra a escravidão e o preconceito racial. Dentre as obras desse ferrenho defensor do sistema republicano, destacam-se “Navio Negreiro” e “A Canção do Africano”, as quais, indubitavelmente registram sua indignação a respeito do sistema de governo de então. Tendo falecido em 1871, seu legado constitui-se de poemas revestidos de um lirismo ímpar, merecidamente considerados os mais lindos do Brasil.
     No entanto, mesmo que a sociedade brasileira já estivesse acostumada com as comemorações alusivas, com o “14 de Março” fazendo parte do calendário nacional pertinente, quando muito já se comemorou por todo o país, especialmente nas escolas e nalgumas obras de poetas e escritores, a proposta do referido parlamentar não foi oficializada e o Projeto de Lei foi arquivado, sendo, por força de lei, instituída nova data para se comemorar o Dia Nacional da Poesia, o que se deu por meio da Lei nº 13.131, sancionada em 3 de junho de 2015, publicada no Diário Oficial da União nº 105, de 5 de junho de 2015, sexta-feira, mediante a qual instituiu-se oficialmente o dia 31 de outubro, em homenagem à data de nascimento de CARLOS DRUMMOND DE ANDRADE, poeta mineiro.
     Portanto, hoje, 14 de março, seria celebrada a data alusiva, como habitualmente se fazia desde 1977 até março de 2015, não o sendo mais, frise-se, com o advento do citado diploma legal.
     Por fim, em vista do relatado supra, convém que façamos uma releitura do que por mim foi postado em minha página, cujo conteúdo pode ser visto nos links abaixo:
.
http://www.aurismarmonteiro.recantodasletras.com.br/visualizar.php?idt=3552376 e

http://www.aurismarmonteiro.recantodasletras.com.br/visualizar.php?idt=4187495 .

     Firmes e avante, saúde e paz, sempre.
AURISMAR MAZINHO MONTEIRO
Enviado por AURISMAR MAZINHO MONTEIRO em 14/03/2016
Alterado em 14/03/2016
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (www.aurismarmonteiro.recantodasletras.com.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras