Aurismar Mazinho Monteiro

Uma pena meramente entusiástica.

Textos


Morena Flor

Morena Flor é nome a ti muito bem dado,
      pois és doce qual jasmim, a bela flor.
                De pele macia, com jeito agateado,
                      és sedução inebriante que embala para o amor.

                            Mulher que aflora, numa eterna menina,
                       sapeca, dengosa sei que tu és.
               Tecendo a vida com manhas femininas,
         terás qualquer um da cabeça aos pés.

                   Com vestido de chita e cabelos ao vento,
                        roliça, descalça... és linda, cabocla.
                             E deixas teu rosto em todo pensamento
                                 de homens sedentos desejando tua boca.

                           Jeito infante, bem sabes que deténs,
                  e esse dom meigo ninguém te roubará.
          Mas és beldade que leva para além,
  o felizardo que tuas curvas contemplar.


(Aurismar Mazinho Monteiro - 30NOV2011)

Imagem: Google - ilafox.com

 

 

AURISMAR MAZINHO MONTEIRO
Enviado por AURISMAR MAZINHO MONTEIRO em 04/07/2012
Alterado em 11/04/2017
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (www.aurismarmonteiro.recantodasletras.com.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras