Aurismar Mazinho Monteiro

Uma pena meramente entusiástica.

Textos

Mensagem pelo Dia Internacional da Mulher

 

Hoje, dia 08 de março, celebra-se o Dia Internacional da Mulher. Homenageemos, pois, aquela a quem deve ser atribuída, de uma certa forma, a essência da humanidade...
Consta que no dia 8 de março de 1857, trabalhadoras de uma fábrica têxtil da cidade de Nova Iorque, fizeram uma grande greve, e tendo ocupado a fábrica, passaram a reivindicar melhores condições de trabalho, tais como redução na jornada diária de trabalho para dez horas, em vez das dezesseis horas diárias que as fábricas exigiam. Pleiteavam, além de mudanças que as fizessem desfrutar do direito à dignidade dentro e fora do ambiente de trabalho, equiparação de salários com os homens, vez que elas chegavam a receber até 1/3 do salário pago ao homem, para executar o mesmo tipo de trabalho.

Evidentemente, a “inaceitável”, manifestação foi violentamente reprimida. As mulheres, em vista desse “motim”, foram trancadas dentro da fábrica, a qual foi incendiada, cujas consequências culminaram na ceifa de aproximadamente 130 operárias, cujos corpos restaram cruelmente carbonizados naquele funesto incêndio.

Desnecessário dizer que esse nefasto episódio foi seguido de incessantes clamores sociais. Todavia, não obstante o suplicar das mulheres, que pretendiam – e ainda pretendem nos dias de hoje, infelizmente – desfrutar de condições de igualdade, somente no ano de 1910, durante uma conferência internacional feminina realizada na Dinamarca, é que ficou estabelecido o dia 8 de março como o "DIA INTERNACIONAL DA MULHER", em homenagem àquelas que morreram carbonizadas na fábrica em 1857. Mesmo assim, a data somente foi oficializada tempos depois, mediante decreto emitido pela ONU (Organização das Nações Unidas), no ano de 1975.

Deve-se ter em mente que esta data não foi estabelecida apenas como ocasião para eventos comemorativos, mas sim, para que se analise, com a merecida atenção e respeito, a participação da mulher na sociedade. E essa análise deve ser procedida por meio das conferências, debates e reuniões que são realizadas em muitos países, sempre objetivando abolir o preconceito existente em detrimento das mulheres, as quais, mesmo diante de todo o desenfreado modernismo, ainda permanecem alvo de flagrante discriminação na sociedade.

Assim, queridos recantistas e demais leitores, fazendo coro em desfavor da discriminação da mulher, e de um modo especial, parabenizando toda a classe feminina por este grande dia, eis minha singela mensagem alusiva. E o faço, inclusive, com a sugestão de que os senhores se reportem ao meu poema intitulado “08 de março - a ELAS, por serem ELA” (http://www.aurismarmonteiro.recantodasletras.com.br/visualizar.php?idt=2856106), que foi minha primeira obra publicada no meu site, no qual os senhores, ao visitarem-no, poderão apor quaisquer críticas e eventuais elogios.

Com meu abraço, especialmente às mulheres, saúde e paz sempre.

AURISMAR MAZINHO MONTEIRO
Enviado por AURISMAR MAZINHO MONTEIRO em 07/03/2012
Alterado em 01/03/2013
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (www.aurismarmonteiro.recantodasletras.com.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras