Aurismar Mazinho Monteiro

Uma pena meramente entusiástica.

Textos


Dor de saudade

 

Saudade que acorda e adormece

e faz até rolar no chão,

quem a carrega no peito, que não se esquece,

do ido amor, alento do coração.

 

 

Pensamento publicado em 25/01/2012, em interação com a poetisa Márcia Kaline Paula de Azevedo, de Mossoró/RN, junto ao poema SAUDADE III.

 

Imagem: Google – mensagensinlove.blogspot.com

AURISMAR MAZINHO MONTEIRO
Enviado por AURISMAR MAZINHO MONTEIRO em 27/01/2012
Alterado em 28/01/2012
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (www.aurismarmonteiro.recantodasletras.com.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras