Aurismar Mazinho Monteiro

Uma pena meramente entusiástica.

Textos


No Canadá, cana não deu

Pois é, vim pro Canadá,
Saído lá de Jaçanã,
com a ideia de cana plantar,
com pouca grana e muito afã.

Também cá, cana não deu.
Ilusão, aqui, cana plantar.
voltarei pra Jaçanã,
novamente com os meus,
já pra lá recomeçar.

Lá, se cana não der,
não mais serei canavieiro;
aí será como Deus quiser,
e certamente, um boiadeiro.

Boi se cria em qualquer lugar,
o lucro é certo e ligeiro
assim, me esqueço do Canadá,
que cá, eu vi, cana não dá.

É, falaram tanto do Canadá!
Mas, cá, cana não deu...
Vou de novo pedir ajuda,
a você, amigo meu;

chamá-lo pra me ajudar
a plantar cana em Jaçanã.
Partirei logo amanhã
será que lá vai dar?

Se com cana não der certo,
e nem mesmo com os bois,
eu vou é escrever versos,
que a paz vem logo depois.


Imagem: Google – info.abril.com.br
AURISMAR MAZINHO MONTEIRO
Enviado por AURISMAR MAZINHO MONTEIRO em 04/07/2011
Alterado em 18/09/2011
Copyright © 2011. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras