Aurismar Mazinho Monteiro

Uma pena meramente entusiástica.

Textos


No Canadá, cana dá!

Eu morava em Jaçanã,
era um simples boiadeiro.
Criava gado carimã,
mas queria ser canavieiro.

Fui para Butantan,
pensando no que fazer.
Decidi plantar canavã,
mas nada via florescer.

Por gostar de canavial,
resolvi cana plantar.
mas vendo algo de anormal,
o Butantã fui consultar.

Lá me falaram de carimã:
ataca a cana, é um mal.
Pensei em sair de Jaçanã,
mas pensava no canavial.

O pessoal me alertava,
era um risco cana plantar.
Em Jaçanã cana não dava,
resolvi logo me mudar.

Pensei noutro lugar
em que pudesse plantar cana.
Escolhi o Canadá,
país bonito e bacana.

Disseram-me ser bom plantar
naquelas terras americanas.
Que bom lugar é o Canadá,
e levar daqui pra lá a cana.

Pensei: arranjo grana,
e parto pro Canadá.
Eu quero é plantar cana,
e é lá que cana vai dar.

Decidi, vou-me embora,
já que não deu cana cá;
irei pra lá, ora bolas,
plantar cana no Canadá.

Deram-me a garantia
que no Canadá dá cana;
que eu deixe de agonia
e plante também bananas.

Bananas não vou plantar,
escolhi foi plantar cana,
e será no Canadá!
Dizem que lá dá cana.
Mas nem sei se cana dá lá.

E agora, pra reforçar,
chamo você pra me ajudar
a plantar cana no Canadá.
Você acha que cana dá?

CARIMÃ = Além de ser farinha de mandioca para mingau, diz-se de certo gado bovino cuja pelagem tem coloração branca e ferruginosa. Refere-se também a uma praga dos canaviais.
CANAVÃ = Planta aquática.

Imagem: Google - sojaturbinada.basf.com.br
AURISMAR MAZINHO MONTEIRO
Enviado por AURISMAR MAZINHO MONTEIRO em 01/07/2011
Alterado em 04/07/2011
Copyright © 2011. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras