Aurismar Mazinho Monteiro

Uma pena meramente entusiástica.

Textos


Inata beleza

Descalça na areia,
descalça no asfalto,
o charme está na veia,
não precisa salto alto.

Linda, com jeito de menina,
tem rosto angelical.
Mas seu sorriso alucina,
ela tem olhar fatal.

Corpo lindo e suave.
Macia pele, fina e bela.
É amada e bem sabe
dos desejos sobre ela.

A voz é doce melodia,
como um som cantarolante;
são acordes, sinfonia,
um concerto apaixonante.

Se o coração lhe ferem,
seus lábios riem amargos.
A alma doída repele
quem lhe negou afagos.

Ela sabe desses dotes,
e que os tem divinamente.
Recatada ou num decote,
é mulher sensualmente.

 
Imagem: Google - vitrine415.blogspot.com
AURISMAR MAZINHO MONTEIRO
Enviado por AURISMAR MAZINHO MONTEIRO em 17/05/2011
Alterado em 06/02/2012
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (www.aurismarmonteiro.recantodasletras.com.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras